Acabou a Crise!

Barack Obama comprou um cão português! E chama-se Bo! Uau!

Quando é que se apercebem que o cão só é português no nome da raça? Nem nasceu cá...é um cão d'água português americano! Outrora tivemos D. Afonso Henriques, depois veio o Salazar, e agora vem o Bo, o novo salvador da pátria!
Digam-me, o cão sabe ler? Vai resolver a crise? Vai tirar os Malucos do Riso da televisão? Sabe chamar nomes aos políticos, aos jogadores da bola (em especial ao Nuno Gomes e ao Liedson)e embirrar porque a cerveja não está fresca o suficiente?
Quando respondemos a estas questões percebemos duas coisas (talvez três, se fizermos um jeitinho): primeiro o cão não faz parte do Esquadrão Classe A, logo não vai salvar o mundo resolvendo a crise (aquela crise que dá de vez em quando na SIC, normalmente à noite, Malucos qualquer coisa...), e o cão não é português, porque não chama nomes aos políticos, aos jogadores da bola e porque, se calhar até sabe ler. Por fim descobrimos que o cão é, imagine-se, um cão! Que ideia mais disparatada! Afinal é apenas um cão e não o MacGyver, já não vai resolver a crise com dois ou três dos seus pêlos, fazendo um fio com eles, um clip e um livro!

Mas o pessoal está contente com a notícia, a televisão dá-lhe tempo de antena excessivo, e os jornais escrevem sobre cães sem ser na seccção dos classificados e dão-lhe textos que não sejam do tipo: "O meu nome é Bo, e não tenho familia, se me quiseres adoptar liga para...". Dão-lhe textos que lhe fazem parecer o novo ministro da economia dos Estados Unidos. E que vai resolver a crise.
Mas o que me continua a fazer confusão maior, é que Portugal sente-se orgulhoso do "seu" feito!

Já estou a imaginar o Obama a dar uma conferência de imprensa a dizer que está muito feliz e que queria agradecer à grande nação (sim porque agora somos mais importantes que a Rússia, China e Espanha) que é Portugal. E como forma de agradecimento vai depositar dinheiro, muito dinheiro nas contas do país.
Só que isso nunca irá acontecer porque parece que ela sabe que o cão não é português. QUEM FOI O BUFO!?

Se o cão fosse realmente português, não lhe chamavam Bo, acrescentavam duas vogais (o "o" e o "a") e o cão ficaria com nome verdadeiramente (e típico no sexo feminino) português: Ó Boa!
Mas uma coisa de português ele tem (de politico português vá...), com aquele pêlo todo, não vêm um corno à sua frente!

0 coisas escritas com ainda mais piada: