Os bolsos

"Bolso é a parte da roupa que funciona como uma pequena bolsa utilizada para guardar objectos."
Wikipedia


É é isto. A definição de bolso é bastante simples. Porém, parecendo que não, os bolsos são extremamente dificeis de utilizar. É suposto serem um pequeno pedaço de tecido onde guardamos e tiramos coisas como a carteira, o telemóvel, e as chaves de casa quando bem nos apetecer.
Ora bem, quantas vezes já tiveram que ir comprar leite ao supermercado e quando vão a pagar, a senhora da caixa estende-vos a mão para receber o dinheiro (enquanto desvia a cabeça para conversar com a Dª Josefa acerca do casamento do primo do seu vizinho do 3º Esq. com a rapariga com quem o seu filho conversou nas férias no Algarve de há 2 anos atrás), e demoram tanto tempo a tentar tirar a carteira do bolso que a senhora da caixa até tem a ousadia de olhar para vocês, deixando de conversar com a Dª Josefa, para ver o que se está a passar? Quantas vezes já foram passear à rua e ouvem o vosso telemóvel a tocar, sabem que é algo importante porque o vosso chefe disse que iria ligar a indicar as horas de uma reunião qualquer, e quando vão a tirar o telemóvel do bolso para falar...oops, enquanto batalhavam para enfiar a mão dentro do bolso, carregam no botão vermelho.
Exactamente, hoje em dia, os bolsos ou são demasiado pequenos ou as carteiras demasiado grandes (que não me parece que seja o caso, infelizmente). Os telemóveis é impossivel serem grandes demais, há com cada coisinha aí no mercado que se podia usar para palitar os dentes.
Mas é verdade, os bolso estão a ficar cada vez mais pequenos! Quer dizer, se calhar são as nossas mãos que crescem e essa coisa toda, mas o temanho dos bolsos das calças de tamanho 8 anos são quase do mesmo tamanho que umas calças 38. Ou pelo menos em algumas, já vi o meu primo vestido com cadas calças que parecia que andava aprocurar petróleo.
Nós quando temos quela idade, só guardamos uma coisa no bolso: pastilhas já mastigadas, isto se o estojo do colega do lado não estiver à mão! Porque é que os bolsos são tão gigantescos naquelas idades e depois quando se vai comprar calças quando temos vá lá...13/14 anos, que é quando começamos a guardar a carteira, o telemóvel, as chaves de casa, os preservativos que roubamos ao pai mas dizemos aos nossos amigos que vamos usar logo à noite e as pastilhas já mastigadas (porque velhos habitos são danados para se perder) os bolsos parecem que encolhem?
Vivemos uma infância feliz sem quase nada nos bolsos, até nos perguntamos para que é que eles servem, e depois...puff! Uma catrefada de coisas lá para dentro!
Será castigo?

- Porque é que não arrumaste o quarto, Tiago Manuel?
- Ó, "namapeteceu"...
- Ai é assim? Como castigo toma lá a chave do correio e duas moedas de 2 eur. para encheres mais os bolsos!
- Mas...ó mãe!

Será mesmo castigo? Todos sabemos que a infância é a parte da vida de uma pessoa mais inocente. Ser o karma a tentar repôr as coisas? Faz-se algo de bom, recebe-se algo mau, faz-se algo mau, recebe-se coisas boas...até que faz sentido. O que não faz sentido e que ainda me causa uma pequena comichaozinha no tornozelo direito é o facto de uma pequeno pedaço de tecido conseguir resistir à invasão humana! É que nao sei se já reparam, mas todas as "dobragens" que fazemos à coluna deve dar problemas sérios no futuro, por isso...vamos todos pó ginásio!

(Ainda é cedo, deculpem lá se falta alguma coerencia ao texto)

2 coisas escritas com ainda mais piada:

Fábio Mesquita disse...

Excelente, mesmo! =D

Diogo Beirão disse...

Obrigado ;)